segunda-feira, 10 de novembro de 2008

COMPENSA SERVIR A DEUS

Bordando, fazendo tricô, contando histórias,
Pregando botões em jaquetas, colocando flores nas jarras,
Preparando pratos preferidos,
Transformando em Lar uma casa simples,
Aí estás, esposa, mãe,
Mulher cristã,
Entoando cantigas de ninar, hinos de louvor, rindo, sorrindo,

Enxugando lágrimas, aí estás, esposa, mãe,
A mulher cristã serve a Deus.
Quanta luta contra o sono, contra a fadiga, para que na hora tudo esteja prontinho,
Direitinho, bonitinho, digno de um elogio, que nem sempre recebes.
No lar, na igreja, na comunidade, esperam em ti, exigem de ti,
No entanto ainda chega a ordem do alto.
Mais atual que nunca, mais necessária que jamais foi,
Plena de autoridade, ordem de Deus, necessidade da Pátria,
Desafio à tua fé, com uma promessa a tua submissão:
"Levanta-te, pois e faze a obra, e o Senhor seja contigo".
O Senhor seja contigo

Contigo, mulher cristã, rainha do lar, esperança da Pátria, cooperadora de Deus.
Cansada? Desanimada?
Mesmo assim, levanta-te e faze a obra.
Que importa a glória, o reconhecimento, a gratidão, diante do que Deus te entregou porque confia em ti?
Que importa o anonimato, diante da alegria de participar, de ser andaime na construção de templos vivos para a glória de Deus?
Que é do desânimo diante da alegria de ver crescer o Reino, sabendo que tuas frágeis mãos ajudaram nesse crescimento?
Sabendo que através da família, da igreja, do serviço ao próximo, a Cristo, o Senhor, estás servindo?
portanto, faze do teu trabalho um canto de vitória, de tua fadiga um hino de louvor.
Com os lábios,
Com o coração,
com a vida,

Canta, mulher cristã: "Servir a Jesus, Oh! Que doce prazer! Nele há alegria e gozo eficaz. É céu contar e cumprir-lhe o querer: Compensa servir a Jesus..."
Este é um canto de certeza,
Uma profissão de fé,
A alegria de servir em forma de canção,
Para o bem do mundo,
Para a salvação dos perdidos,
Para a felicidade dos queridos teus,
Para a glória de Quem Te salvou,
Lembra-te a cada dia,
No ato de cada instante,
A verdade linda que o poeta cantou:
"Compensa servi-Lo, embora a sofrer, fazendo o que for, é bom ser leal. Traz graça infinita cumprir o dever: Compensa servir a Jesus. Compensa servir a Jesus, mais e mais; compensa, pois bençãos produz. Seja a senda da glória difícil demais, serás feliz, servindo a Jesus".

Um comentário:

Marisa disse...

muito boa essa iniciativa desse blog.
Parabéns!!!!!